De Bijbel

 

Ezequiel 4:17

Portuguese: Almeida Atualizada         

Bestudeer de innerlijke betekenis

← Vorige    volledig hoofdstuk    Volgende →

17 até que lhes falte o pão e a água, e se espantem uns com os outros, e se definhem na sua iniqüidade.

   Bestudeer de innerlijke betekenis
From Swedenborg's Works

Belangrijkste verklaring(en) van Swedenborgs werken:

The Inner Meaning of the Prophets and Psalms 127


Andere referenties door Swedenborg in verband met dit vers:

Arcanos Celestes 2165, 3104, 9323, 9412, 10037

Apocalipse Revelado 50, 350, 880

A Brief Exposition of New Church Doctrine 100

Doutrina Do Senhor 16, 64

True Christian Religion 130


References from Swedenborg's unpublished works:

Apocalypse Explained 71, 617, 633, 805

Coronis (An Appendix to True Christian Religion) 56

Scriptural Confirmations 4, 52

Hop to Similar Bible Verses

Levítico 26:39

2 Reis 6:25

2 Crônicas 34:24

Ezequiel 24:23

Word/Phrase Explanations

pão
The word “bread” is used two ways in the Bible. In some cases it means actual bread; in others it stands for food in general....

água
Water was obviously of tremendous importance in Biblical times (and every other time). It is the basis of life, the essential ingredient in all drinks,...

iniqüidade
In the Word three terms are used to mean bad things that are done. These three are transgression, iniquity, and sin, and they are here...

Resources for parents and teachers

The items listed here are provided courtesy of our friends at the General Church of the New Jerusalem. You can search/browse their whole library by following this link.


 Ezekiel: The Prophet As an Example
Worship Talk | Ages 7 - 14

Van Swedenborgs Werken

 

Doutrina Do Senhor #16

Doutrina Do Senhor (Tradução Nobre)      

Study this Passage

Ga naar sectie / 65  

← Vorige   Volgende →

16. Sendo representado nos Profetas, o estado da igreja proveniente da Palavra era o que se entende por "portar as iniqüidades e os pecados do povo." Que seja assim, é evidente pelas coisas que são referidas sobre o profeta Isaías: que ele fosse nu e descalço por três anos, por sinal e prodígio (Isaías 20:3). E sobre o profeta Ezequiel, que trouxesse os vasos da migração e cobrisse as faces para que não visse a terra, e que, assim, fosse um prodígio para a casa de Israel; e, também, que dissesse: "Eu sou um prodígio para vós" (Ezequiel 12:6, 11).

(Referenties: Ezequiel 12:3-11; Isaías 20:2-3)


[2] Que isto tenha sido, para eles, portar as iniqüidades, vê-se claramente em Ezequiel, quando lhe foi ordenado deitar-se trezentos e noventa dias e quarenta dias sobre os lados esquerdo e direito contra Jerusalém, e comer bolo de cevada feito com excremento de boi. Ali se lê também:

"Tu, deita-te sobre o teu lado esquerdo e sobre ele põe a iniqüidade da casa de Israel; o número de dias que te deitarás sobre ele portarás a iniqüidade deles. Eu, pois, darei a ti os anos da iniqüidade deles conforme o número dos dias, trezentos e noventa dias, para que portes a iniqüidade da casa de Israel. Mas, no momento em que os tiveres completado, jazerás outra vez, sobre o teu lado direito, para que portes a iniqüidade da casa de Judá quarenta dias" (Ezequiel 4:4-6).

[3] O profeta, ao portar assim as iniqüidades da casa de Israel e da casa de Judá, não as tirou nem, daí, as expiou, mas somente as representou e mostrou. Isto é evidente pelo que se segue ali:

"Assim diz Jehovah: Os filhos de Israel comerão seu pão imundo, entre as nações para onde os expulsei. ... Eis que Eu quebro o cetro do pão em Jerusalém... para que careçam de pão e de água, e sejam desolados o varão e o seu pai, e se definhem por causa da iniqüidade deles" (vers. 13, 16-17).

(Referenties: Ezequiel 4:13, 4:16-17)


[4] Semelhantemente, quando o mesmo profeta se mostrasse e dissesse,

"Eis que sou um prodígio para vós", também diria: "Do mesmo modo que fiz, assim lhes fará" (Ezequiel 12:6, 11).

E o mesmo se entende a respeito do Senhor, onde se diz:

"Nossas doenças Ele levou; ... nossas dores portou; ... Jehovah fez lançar sobre Ele as iniqüidades de todos nós; ... por Sua ciência justificou... a muitos, pois que em Si portou as iniqüidades deles" (Isaías 53:4, 6, 11),

Onde se trata, em todo o capítulo, da paixão do Senhor.

[5] Que Ele, como o Maior Profeta, tenha representado o estado da igreja quanto à Palavra, vê-se por cada uma das coisas de Sua paixão, a saber, que foi traído por Judas; foi preso e condenado pelos principais dos sacerdotes e pelos anciãos; deram-Lhe bofetadas; feriram-Lhe a cabeça com uma cana; impuseram-Lhe uma coroa de espinhos; dividiram Suas vestes e lançaram sorte sobre a túnica; crucificaram-No; deram-Lhe vinagre para beber; traspassaram-Lhe o lado; foi sepultado e, no terceiro dia, ressurgiu.

[6] Que "foi traído por Judas" significava ser traído pela nação judaica, com quem então estava a Palavra, pois Judas representava aquela nação. Que "foi preso e condenado pelos principais dos sacerdotes e pelos anciãos" significava que o fora por toda aquela igreja. Que "foi açoitado, cuspiram-Lhe na face, deram-Lhe bofetadas e feriram-Lhe a cabeça com uma cana" significava que fizeram de modo semelhante com a Palavra quanto às suas Divinas verdades, todas as quais tratam do Senhor. Que "Lhe impuseram uma coroa de espinhos" significava que a tinham falsificado e adulterado. Que "dividiram Suas vestes, e sobre a túnica lançaram sorte" significava que tinham dispersado todos os veros da Palavra, mas não seu sentido espiritual; esse sentido da Palavra era significado pela "túnica do Senhor." Que "O crucificaram" significava que tinham destruído e profanado toda a Palavra. Que "Lhe ofereceram vinagre para beber" significava coisas meramente falsificadas e falsas, por isso não o bebeu, e então disse: "Está consumado." Que "traspassaram-Lhe o lado" significava que extinguiram completamente todo vero da Palavra e todo seu bem. Que "foi sepultado" significava a rejeição do humano que restara da mãe. Que "no terceiro dia ressurgiu" significava a glorificação.

[7] Coisas semelhantes foram significadas por estas representações nos Profetas e em David, onde foram preditas. Por causa disso, depois que foi açoitado e saiu portando uma coroa de espinhos, e os soldados Lhe puseram uma vestimenta púrpura, foi dito:

"Eis o Homem" (João 19:1, 5).

Isto foi dito porque "Homem" significa a Igreja. De fato, "Filho do homem" significa a verdade da igreja, assim a Palavra. Por aí se pode ver agora o que se entende por "portar as iniqüidades", isto é, representar e figurar em Si os pecados contra as Divinas verdades da Palavra. Que o Senhor tenha suportado e sofrido tais coisas como o Filho do homem e não como o Filho de Deus, ver-se-á na seqüência. Com efeito, "Filho do homem" significa o Senhor quanto à Palavra.

(Referenties: Isaías 20:2-3; João 19:1-5)

Ga naar sectie / 65  

← Vorige   Volgende →

   Study this Passage
From Swedenborg's Works

Inbound References:

Apocalipse Revelado 8, 26, 379, 472, 684

Other New Christian Commentary

Swedenborg Comércio de Livros e Artes Ltda. Curitiba, Brasil


Vertalen: