The Bible

 

Ezequiel 5:1

Almeida Atualizada         

Study the Inner Meaning

← Previous    Full Chapter    Next →

1 E tu, ó filho do homem, toma uma espada afiada; como navalha de barbeiro a usarás, e a farás passar pela tua cabeça e pela tua barba. Então tomarás uma balança e repartirás os cabelos.

   Study the Inner Meaning
From Swedenborg's Works

Main explanations:

The Inner Meaning of the Prophets and Psalms 128


Other references to this verse:

Arcanos Celestes 2788, 2799, 3301, 9806

Apocalipse Revelado 47

Doutrina Do Senhor 15, 28

Doutrina de Escritura Santa 16, 35


References from Swedenborg's drafts, indexes & diaries:

Apocalypse Explained 66, 577, 908

De Verbo (The Word) 10, 25

Related New Christian Commentary

  Stories and their meanings:

Hop to Similar Bible Verses

Isaías 7:20

Jeremias 19:1

Ezequiel 4:1

Bible Word Meanings

filho
Swedenborg tells us that space and time in the physical world correspond to states of life in the spiritual world. So when the Bible talks...

espada
A 'sword,' in the Word, signifies the truth of faith combating and the vastation of truth. In an opposite sense, it signifies falsity combating and...

Passar
'To pass,' as in Genesis 31:52, signifies flowing in. 'To pass the night,' as in Genesis 24:54, signifies having peace. 'To pass through,' as in...

cabeça
The head is the part of us that is highest, which means in a representative sense that it is what is closest to the Lord....

balança
The balances mentioned in Revelation 6:5 signify the estimation of goodness and truth.

From Swedenborg's Works

 

Doutrina Do Senhor #15

Doutrina Do Senhor (Tradução Nobre)      

Study this Passage

Go to section / 65  

← Previous   Next →

15. IV. O Senhor, pela paixão da cruz, não tirou os pecados, mas os portou. Há alguns dentro da Igreja que acreditam que o Senhor, pela paixão da cruz, tirou os pecados e satisfez ao Pai e, assim, fez a redenção. Alguns crêem, também, que, por terem fé no Senhor, Ele levou em Si os pecados deles, carregou-os como se tivesse lançado num profundo mar, isto é, no inferno. Confirmam isso por essas palavras de Jesus em João:

"Eis o Cordeiro de Deus que carrega os pecados do mundo" (João 1:29),

E pelas palavras do Senhor em Isaías:

"Ele levou as nossas doenças, e nossas dores portou; ...ferido por nossas prevaricações, traspassado por nossas iniqüidades, o castigo de nossa paz [estava] sobre Ele... por Suas feridas nos deu a sanidade. ... Jehovah fez lançar sobre Ele as iniqüidades de todos nós. O desterro suportou, e foi afligido, todavia, não abriu a Sua boca; como cordeiro para a matança, foi levado... da terra dos viventes por causa da prevaricação do Meu povo, a praga deles; para dar os ímpios por Seu sepulcro, e os ricos em Sua morte; ... do trabalho de Sua alma viverá, e ficará saciado. Por sua ciência justificará a muitos, pois que em Si portou a iniqüidade deles... Esvaziou até à morte a Sua alma, e com os prevaricadores foi contado, e o pecado de muitos tirou, e pelos prevaricadores intercedeu" (Isaías 53:4-12).

Estas palavras foram ditas a respeito das tentações do Senhor e de Sua paixão. E por "tirar os pecados e as enfermidades", como também por "fazer lançar sobre Ele a iniqüidade de todos" se entende o mesmo que "portar as dores e as iniqüidades."

(References: 1 Reis 20:37; Isaías 53; Revelação 2:7, 2:11, Revelação 2:17, Revelação 2:29)


[2] Assim, pois, dir-se-á em primeiro lugar o que se entende por "portar as iniqüidades" e, em seguida, o que se entende por "tirá-las." Por "portar as iniqüidades" não se entende outra coisa senão suportar graves tentações, assim, sofrer como os judeus fizeram com Ele da maneira que tinham feito com a Palavra, pois O trataram semelhantemente, porque Ele era a Palavra. Com efeito, a Igreja que então havia com os judeus tinha sido inteiramente devastada. E foi devastada pelo fato de terem pervertido toda a Palavra, até o ponto de não haver nenhum resíduo do vero. Por esse motivo não reconheceram o Senhor. Fez-se de modo semelhantemente com os profetas, que representavam para eles o Senhor quanto à Palavra e, assim, quanto à igreja; e o Senhor foi o Profeta mesmo.

[3] Que o Senhor tenha sido o Profeta mesmo, pode-se ver por estas passagens:

"Jesus disse... Um profeta não é menos honrado do que aquele em sua pátria e em sua casa" (Mateus 13:57; Marcos 6:4; Lucas 4:24);

Jesus disse: "Não convém ao profeta perecer fora de Jerusalém" (Lucas 13:33);

Disseram sobre Jesus: "Ele é o profeta de Nazareth" (Mateus 21:11; João 7:40).

"Apoderou de todos o temor, louvando a Deus e dizendo que um grande profeta foi levantado entre eles" (Lucas 7:16) .

Que um profeta "sairia do meio dos irmãos, cujas palavras obedecessem" (Deuteronômio 18:15-19).

Que tenha sucedido o mesmo com os profetas, vê-se pelas citações que agora se seguem. Foi ordenado ao profeta Isaías, para que representasse o estado da Igreja,

Que desprendesse o cilício de sobre seus ombros e tirasse o calçado de seu pé, e fosse nu e descalço por três anos, por sinal e por prodígio (Isaías 20:2-3).

(References: João 7:40-41)


[4] Foi ordenado ao profeta Jeremias, para que representasse o estado da igreja,

Que conseguisse para si um cinto e o pusesse sobre seus lombos, que não passasse pela água, e o escondesse numa fenda da rocha junto ao Eufrates; que, depois de dias, o achasse apodrecido (Jeremias 13:1-7).

O mesmo profeta representou o estado da igreja por isto,

Que não tomasse para si esposa naquele lugar, nem entrasse em casa de luto, nem saísse a lamentar, nem entrasse em casa de banquete (Jeremias 16:2, 5, 8).

[5] Foi ordenado ao profeta Ezequiel, para que representasse o estado da Igreja,

Que fizesse passar uma navalha de tosquiadores sobre sua cabeça e sobre sua barba, e depois dividisse [os cabelos], e queimasse terça parte deles no meio da cidade, terça [parte] ferisse com espada, terça [parte] espalhasse ao vento, e um pouco deles atasse na roupa e, finalmente, o lançasse no meio do fogo e o queimasse (Ezequiel 5:1-4).

Ao mesmo profeta, para que representasse o estado da Igreja, foi ordenado

Que fizesse vasos de migração e migrasse para outro lugar, aos olhos dos filhos de Israel, e tirasse os vasos durante o dia, e saísse à tarde por uma abertura na parede e cobrisse as faces para que não visse a terra; e que, assim, fosse um prodígio para a casa de Israel; e que o profeta dissesse: "Eis, sou um prodígio para vós; da maneira como fiz, assim lhes fará" (Ezequiel 12:3-7, 11).

[6] Ao profeta Oséias, para que representasse o estado da Igreja, foi ordenado

Que tomasse para si uma meretriz por esposa; e que também a recebesse, e ela parisse para ele três filhos, dos quais um se chamou "Jisreel", o outro "Não digno de compaixão", e o terceiro "Não [Meu] povo" (Oséias 1:2-9).

E, de novo, foi-lhe ordenado

Que fosse e amasse uma mulher amada de um amigo e adúltera, a qual também comprou para si por quinze [peças] de prata (Oséias 3:1-2).

(References: Oséias 3:1-3)


[7] Ao profeta Ezequiel, para que representasse o estado da Igreja, foi ordenado

Que tomasse um tijolo e gravasse sobre ele "Jerusalém", e fizesse cerco, e fizesse uma trincheira e um amontoado contra ela; pusesse uma panela de ferro entre si e a cidade, e se deitasse sobre o lado esquerdo e depois sobre o direito trezentos e noventa dias [e, depois, quarenta dias]. Depois tomasse trigo, cevada, lentilha, milho e espelta, e com esses fizesse pão para si, o qual comeria conforme a medida. E, também, que fizesse para si um bolo de cevada com esterco de fezes de homem; e como ele suplicou, foi ordenado que o fizesse com excremento de boi (Ezequiel 4:1-15).

Além disso, os profetas também representaram outras coisas, como Zedequias, pelos chifres de ferro que fez para si (1 Reis 22:11), e outro profeta, por ser ferido e cortado, e ter posto cinza sobre os olhos (1 Reis 20:35, 38).

(References: 1 Reis 20:35-38)


[8] Em geral, os profetas, ao usarem uma túnica de pele, representavam a Palavra em seu sentido último, que é o sentido da letra (Zacarias 13:4). Por isso Elias se vestia de uma tal túnica, e cingia-se de um cinto de couro em volta dos lombos (2 Reis 1:8). João Batista, semelhantemente, tinha vestes de pelo de camelo e um cinto de couro em volta de seus lombos, e comia gafanhoto e mel agreste (Mateus 3:4). Por aí se pode ver que os profetas representaram o estado da igreja e da Palavra. Com efeito, o que representa um, representa também o outro, pois a igreja provém da Palavra, e segundo sua recepção de vida e fé. Por isso, também, pelos "profetas", onde são em um e outro Testamentos, é significada a doutrina da igreja proveniente da Palavra, mas pelo Senhor, como o Maior Profeta, é significada a igreja mesma e a Palavra mesma.

(References: 1 Reis 20:37; Oséias 3:1-3; Isaías 53; Revelação 2:7, Revelação 2:11, 2:17, Revelação 2:29)


Go to section / 65  

← Previous   Next →

   Study this Passage
From Swedenborg's Works

Inbound References:

Apocalipse Revelado 8, 26, 379, 472, 684


   Swedenborg Research Tools


Swedenborg Comércio de Livros e Artes Ltda. Curitiba, Brasil


Translate: