The Bible

 

Ezequiel 4:17

Portuguese: Almeida Atualizada         

Study the Inner Meaning

← Previous    Full Chapter    Next →

17 até que lhes falte o pão e a água, e se espantem uns com os outros, e se definhem na sua iniqüidade.

   Study the Inner Meaning
From Swedenborg's Works

Main explanations:

The Inner Meaning of the Prophets and Psalms 127


Other references to this verse:

Arcanos Celestes 2165, 3104, 9323, 9412, 10037

Apocalipse Revelado 50, 350, 880

A Brief Exposition of New Church Doctrine 100

Doutrina Do Senhor 16, 64

True Christian Religion 130


References from Swedenborg's unpublished works:

Apocalypse Explained 71, 617, 633, 805

Coronis (An Appendix to True Christian Religion) 56

Scriptural Confirmations 4, 52

Hop to Similar Bible Verses

Levítico 26:39

2 Reis 6:25

2 Crônicas 34:24

Ezequiel 24:23

Word/Phrase Explanations

pão
Just as natural food feeds the natural body, so spiritual food feeds the spiritual body. And since our spiritual body is the expression of what...

água
'Waters' signify truths in the natural self, and in the opposite sense, falsities. 'Waters' signify particularly the spiritual parts of a person, or the intellectual...

iniqüidade
In the Word three terms are used to mean bad things that are done. These three are transgression, iniquity, and sin, and they are here...

Resources for parents and teachers

The items listed here are provided courtesy of our friends at the General Church of the New Jerusalem. You can search/browse their whole library at the New Church Vineyard website.


 Ezekiel: The Prophet As an Example
Worship Talk | Ages 7 - 14

From Swedenborg's Works

 

Doutrina Do Senhor #64

Doutrina Do Senhor (Tradução Nobre)      

Study this Passage

Go to section / 65  

← Previous   Next →

64. Que por "Jerusalém", na Palavra, se entenda a igreja quanto à doutrina, a razão é que na terra de Canaan, e não em outra parte, havia o templo, o altar, faziam-se ali os sacrifícios e, assim, o culto Divino. Por isso também três festas eram celebradas ali todos os anos, e ali todo macho da terra devia comparecer. Daí vem que por "Jerusalém" é significada a igreja quanto ao culto, e daí, também, a igreja quanto à doutrina, pois o culto é prescrito na doutrina e se faz segundo a doutrina. Depois também, porque o Senhor esteve em Jerusalém e ensinou em seu templo e, em seguida, ali glorificou o Seu Humano. Além disso, pela "cidade", na Palavra, em seu sentido espiritual, é significada a doutrina; assim, pela "cidade santa", a doutrina da Divina Verdade proveniente do Senhorxix.

(References: Jeremias 8:6-8; Malaquias 3:2)


[2] Que "Jerusalém" signifique a igreja quanto à doutrina, é evidente também por outras passagens na Palavra, como pelas seguintes. Em Isaías:

"Por causa de Sião, não [Me] calarei, e por causa de Jerusalém não Me aquietarei, até que saia a sua justiça como um resplendor e a sua salvação como uma lâmpada acesa. Então as nações verão a tua justiça, e todos os reis a tua glória. E chamar-te-ão por um nome novo, que a boca de Jehovah designará. E serás uma coroa de ornamento na mão de Jehovah e um diadema real na mão de teu Deus. ... Jehovah Se agradará em Ti, e a tua terra será casada. ... Eis, a tua salvação vem, eis que vem com Ele a Sua recompensa. E chamar-lhes-ão: Povo de santidade, Redimidos de Jehovah; e tu serás chamada: Cidade procurada, não deserta" (Isaías 62:1-4, 11-12).

Trata-se, em todo esse capítulo, do advento do Senhor e de uma nova igreja que deve ser instaurada por Ele. Essa nova igreja é que se entende por "Jerusalém", a qual "será chamada por um nome novo que a boca de Jehovah designará" e, também, que "será uma coroa de ornamento na mão de Jehovah, e um diadema real na mão de Deus", da qual Jehovah Se agrada, e que será chamada "cidade procurada, não deserta." Por estas expressões não pode ser entendida a Jerusalém habitada pelos judeus quando o Senhor veio ao mundo, pois essa era totalmente o contrário; essa era mais para ser chamada Sodoma, como, de fato, é chamada no Revelação 11:8. Vide também Isaías 3:9; Jeremias 23:14; Ezequiel 16:46, 48.

[3] Em outra passagem, em Isaías:

"Eis que crio um novo céu, e uma nova terra... não serão lembrados os anteriores. ... Alegrai-vos e exultai eternamente pelo que Eu crio. ... Eu hei de criar Jerusalém em exultação, e o povo seu em alegria, para que exultem sobre Jerusalém, e Meu povo se alegre. ... Então o lobo e o cordeiro pastarão juntos... não farão o mal... em todo o monte de Minha santidade" (Isaías 65:17-19, 25).

Também nesse capítulo se trata do advento do Senhor e da igreja que deve ser instaurada por Ele. Ela não é instaurada com aqueles que estão em Jerusalém, mas com aqueles que estavam fora dela. Por isso essa igreja é entendida por "Jerusalém", que será exultação ao Senhor, e cujo povo será Sua alegria. "Então o lobo e o cordeiro pastarão juntos, e onde não farão mal." Aqui também se diz, da mesma maneira que no Apocalipse, que o Senhor há de criar um novo céu e uma nova terra, pelo que são entendidas coisas semelhantes, e também se diz que criará "Jerusalém."

[4] Em outra passagem, em Isaías:

"Desperta, desperta, veste-te de tua força, ó Sião. Veste os vestidos de teu ornamento, Jerusalém, cidade de santidade. Porque não acontecerá mais que venha a ti nem incircunciso nem imundo. Sacode de ti o pó, levanta-te, assenta-te, ó Jerusalém. ... Meu povo conhece o Meu nome... pois naquele dia Eu [serei] aquele que fala: Eis-Me aqui. ... Jehovah consolou o Seu povo, redimiu Jerusalém" (Isaías 52:1-2, 6, 9).

Também nesse capítulo se trata do advento do Senhor e da igreja que deve ser instaurada por Ele. Por isso, por "Jerusalém", que o Senhor redimiu, à qual não virá mais o incircunciso e o imundo, entende-se a igreja; e por "Jerusalém, cidade de santidade", a igreja quanto à doutrina sobre o Senhor.

[5] Em Sofonias:

"Jubila, ó filha de Sião;... alegra-te... de todo o coração, ó filha de Jerusalém; o rei de Israel... no meio de ti; não temas mais o mal. ... Alegrar-se-á sobre ti com regozijo, aquietar-se-á no teu amor, exultará sobre ti com júbilo. ... Dar-vos-ei por nome e por louvor de todos os povos da terra" (Sofonias 3:14-17, 20).

Semelhantemente, aí se trata do Senhor e da igreja que vem d'Ele, sobre a qual o Rei de Israel, que é o Senhor, "alegrar-Se-á com regozijo", "exultará com júbilo" e "em cujo amor Se aquietará" e a qual "dará por nome e louvor de todos os povos da terra."

(References: Sofonias 3:14-15, 3:17)


[6] Em Isaías:

"Assim disse Jehovah, teu Redentor e teu Formador: ... dizendo de Jerusalém: Serás habitada; e das cidades de Judá: Sereis edificadas" (Isaías 44:24, 26).

E em Daniel:

"Sabe... e percebe, da saída da palavra para restaurar e para edificar Jerusalém, até ao Príncipe Messias, sete semanas" (Daniel 9:25).

É evidente que por "Jerusalém" aí se entende também a igreja, uma vez que ela seria restaurada e edificada pelo Senhor, mas não a Jerusalém morada dos judeus.

(References: Isaías 44:24-26)


[7] Por "Jerusalém" se entende a igreja vinda do Senhor também nas passagens seguintes. Em Zacarias:

"Assim disse Jehovah: Voltarei para Sião, e habitarei no meio de Jerusalém; será chamada Jerusalém, cidade da verdade; e o monte de Jehovah Zebaoth, o Monte da santidade" (Zacarias 8:3, 20-23).

Em Joel:

"Então conhecereis que Eu [sou] Jehovah, vosso Deus, Que habito em Sião, monte da santidade... e Jerusalém será santidade; ... e acontecerá naquele dia que os montes destilarão mosto, e os outeiros fluirão leite; ... e Jerusalém permanecerá de geração em geração" (Joel 3:17-20).

Em Isaías:

"Naquele dia será o renovo de Jehovah será por ornamento e glória... e acontecerá que o remanescente de Sião, e o restante de Jerusalém será chamado santo; ... todos os inscritos para a vida em Jerusalém" (Isaías 4:2-3).

Em Miquéias:

"No fim dos dias o monte da casa de Jehovah será constituído na cabeça dos montes; ... porque de Sião sairá a doutrina, e a palavra de Jehovah, de Jerusalém; ... virá a ti o primeiro reino, o reino da filha de Jerusalém" (Miquéias 4:1-2, 8).

Em Jeremias:

"Naquele tempo, chamarão Jerusalém: O trono de Jehovah; e de todas as nações se congregarão... em nome de Jehovah, em Jerusalém; e não andarão mais após a confirmação de seus maus corações" (Jeremias 3:17).

Em Isaías:

"Olha para Sião, a cidade de nossas festas marcadas; teus olhos verão Jerusalém, habitáculo tranqüilo, tabernáculo que não será dissipado; suas estacas não serão removidas jamais, e todas as suas cordas não serão arrancadas" (Isaías 33:20).

Depois, também, em outras passagens, como Isaías 24:23; Isaías 37:32; Isaías 66:10-14; Zacarias 12:3, 6, 8-10; Zacarias 14:8, 11-12, 21; Malaquias 3:1, 4; Salmos 122:1-7; Salmos 137:5-6.

(References: Joel 3:17-18, 3:17-21, Joel 3:20; Salmos 137:4-6; Zacarias 12:6-10, 12:8-9, 12:10, 14:12)


[8] Por "Jerusalém", nessas passagens, entende-se a igreja, que devia ser instaurada pelo Senhor e também tem sido instaurada. Não se trata da Jerusalém na terra de Canaan e habitada pelos judeus. Isso pode ser visto também pelas passagens, na Palavra, onde se diz dela que estava inteiramente perdida e que seria destruída. Como em Jeremias 5:1; Jeremias 6:6-7; Jeremias 7:17, 20, etc.; Jeremias 8:5-7, etc.; Jeremias 9:10-11, 13, etc.; Jeremias 13:9-10, 14; Jeremias 14:16; Lamentações 1:8-9, 15, 17; Ezequiel 4:1; Ezequiel 5:9-17; Ezequiel 12:18-19; Ezequiel 15:6-8; Ezequiel 16:2-3; Ezequiel 23:4; Mateus 23:33, 37, 39; Lucas 19:41-44; Lucas 21:20-22; Lucas 23:28-30, e muitas outras passagens.

(References: Ezequiel 4, 16, 16:1-23, 23; Isaías 44:24-26; Jeremias 7:17-18, 8:5-6, Jeremias 9:11-12, 9:14; Joel 3:17-21; Mateus 23:37-39; Salmos 137:4-6)

Go to section / 65  

← Previous   Next →

   Study this Passage
From Swedenborg's Works

Inbound References:

Divina Providência 264

Doutrina de Escritura Santa 10

Continuação Do Juizo Final 12


Swedenborg Comércio de Livros e Artes Ltda. Curitiba, Brasil


Translate: